Contratação Body Shop: vantagens e economia para as empresas

Contratação Body Shop: vantagens e economia para as empresas

Você conhece as vantagens do Body Shop para as áreas contábil e fiscal? Saiba mais sobre esta importante e econômica tendência do mercado de trabalho

O Brasil possui 27 estados, cada um deles com uma legislação tributária específica. Some a esse montante os 5.564 municípios, cada um deles com seus tributos próprios. Resultado? Hoje, segundo o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário), cada empresa deve seguir, em média, mais de 3.790 normas.

Parece complicado? Lembre-se então que, a cada dia, uma média de 30 novas regras ou atualizações tributárias é editada no país. Ou seja, por hora, mais de uma nova norma tem que ser levada em conta na hora de calcular os impostos.

Diante desse cenário, as empresas, além de garantirem o seu sucesso em uma época conturbada, de retomada de crescimento, precisam enfrentar um verdadeiro caos tributário. E, para superar esse desafio, é fundamental a formação de equipes de profissionais na área fiscal e tributária altamente qualificadas e atualizadas.

No entanto, sabemos que essa tarefa demanda investimentos e acarreta elevados custos, os quais grande parte das empresas não está disposta – ou mesmo pode –investir.

E existe solução para esse problema? Felizmente, uma boa notícia: sim!

O que é o Body Shop

Termo muito usual na área de Tecnologia, a prática do Body Shop refere-se à alocação de profissionais qualificados para executar tarefas específicas no departamento fiscal e contábil.

Trata-se, assim, de uma das melhores maneiras das empresas garantirem conhecimento e mão-de-obra especializada para a realização de determinada tarefa ou projeto, com o mínimo de custo.

A sistemática traz muitas vantagens, reduzindo consideravelmente os encargos com contratação, treinamento, obrigações trabalhistas e impostos na hora de desligar o funcionário.

A prática do Body Shop, no entanto, é muito mais que apenas uma técnica para enxugar despesas. Diante da alta complexidade da legislação tributária, as empresas que tem dificuldade de acompanhar de cabo a rabo as alterações acabam, muitas vezes, perdendo a oportunidade de resgatar créditos ou verificar se existem restituições de pagamentos feitos a maior.

Assim, o Body Shop é também de uma ótima oportunidade para a identificação de possíveis passivos fiscais, já que traz consigo o desenvolvimento de uma revisão fiscal mais detalhada.

Diferença entre Outsourcing e Body Shop

A prática te lembrou do Outsourcing? Calma, por mais que sejam parecidos, os serviços apresentam diferenças importantes.

Enquanto o outsourcing é sinônimo de terceirização, o Body Shop refere-se à alocação de profissionais competentes de uma empresa com expertise na área fiscal e contábil por um tempo pré-fixado. Nessa dinâmica, a contratação de um profissional especializado se dá pelas horas em que ele trabalhará no cliente.

Diferente do que acontece no outsourcing, o escopo do trabalho não é definido durante a contratação do profissional. No Body Shop, o profissional alocado é gerenciado exclusivamente pelo cliente durante todo o período de contratação. E, apesar disso, a empresa contratante não tem nenhum vínculo empregatício com o especialista alocado.

Em resumo, o cliente determina à empresa provedora dos funcionários quais são os requisitos técnicos necessários para o trabalho em questão, e pode geri-lo conforme as suas necessidades. Entre esses profissionais podemos citar analistas, gerentes, consultores ou auditores.

Vantagens do Body Shop

Ao optar pela solução Body Shop, as empresas ganham tempo e dinheiro de diversas formas, como:

Zero custo com treinamento: a partir do momento em que conta com um funcionário especialista alocado na empresa, o cliente não precisa investir em treinamentos e capacitação de sua mão-de-obra interna;

Menos dor de cabeça na contratação: é mais que sabido que a contratação de um profissional demanda tempo e muitos – e onerosos – encargos trabalhistas, seja na admissão, manutenção e até desligamento do colaborador. A solução Body Shop acaba com a sobrecarga no departamento de Recursos Humanos da empresa, no que tange a custos e trabalho.

Consultoria não é Head Hunter: a consultoria já possui em seu grupo profissionais bem treinados e especializados para serem alocados em seus clientes a qualquer momento, diferentemente do head hunter, que irá buscar esse profissional. Isso é fundamental na área contábil e fiscal, já que o não cumprimento de prazos e obrigações geram multas pesadas ou outros encargos.

Flexibilidade: uma das vantagens do Body Shop é a substituição do especialista quando as tarefas a serem executadas mudam de características – por exemplo, a tarefa hoje é para auditoria, mas semana que vem muda para operação.

Foco nos negócios: contando com profissionais capacitados, as empresas podem concentrar seus esforços no que realmente interessa: seu core business e sucesso no mercado!

*Luiz Corso, consultor de serviços Contábeis e Fiscais